Instituto Terra, 20 anos trabalhando pela restauração ambiental do Vale do Rio Doce

0
231

O Instituto Terra é fruto da iniciativa do casal, Lélia Deluiz Wanick Salgado e Sebastião Salgado, que há pouco mais de uma década, diante de um cenário de degradação ambiental em que se encontrava a antiga fazenda de gado adquirida da família de Sebastião Salgado, na cidade mineira de Aimorés, tomou uma decisão: devolver à natureza o que décadas de degradação ambiental destruiu. Mobilizaram parceiros, captaram recursos e fundaram, em abril de 1998, a organização ambiental dedicada ao desenvolvimento sustentável do Vale do Rio Doce.

Em pouco mais de uma década, o sonho do casal já rendeu muitos frutos. Por conta da atuação do Instituto Terra, mais de 7.000 hectares de áreas degradadas estão em processo de recuperação na região e mais de 4 milhões de mudas de espécies de Mata Atlântica já foram produzidas em seu viveiro para abastecer tanto os plantios na RPPN Fazenda Bulcão quanto os projetos de restauração que desenvolve na região.

 

A antiga fazenda de gado, antes completamente degradada, hoje abriga uma floresta rica em diversidade de espécies da flora de Mata Atlântica. A experiência comprova que junto a recuperação do verde, nascentes voltam a jorrar e espécies da fauna brasileira, em risco de extinção, voltam a ter um refúgio seguro.

Fazenda Bulcao, récupération ambiental de 2000 à 2013O Instituto Terra é uma organização civil sem fins lucrativos fundada em abril de 1998, que atua na região do Vale do Rio Doce, entre os Estados de Minas Gerais e Espírito Santo. Trata-se de uma região do Brasil que vivencia as conseqüências do desmatamento e do uso desordenado dos recursos naturais como a seca, a erosão do solo e a falta de condições para o homem do campo viver e prosperar.

Atualmente o Instituto Terra conta com 22 associados, sendo 2 associados fundadores vitalícios, 8 associados fundadores e 12 associados efetivos.

Suas principais ações envolvem a restauração ecossistêmica, produção de mudas de Mata Atlântica, extensão ambiental, educação ambiental e pesquisa científica aplicada.

O Instituto Terra administra a Fazenda Bulcão, que constituída por uma área total de 709,84 hectares, sendo 608,69 hectares reconhecidos como Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) desde a sua fundação – trata-se da primeira RPPN constituída em uma área degradada de Mata Atlântica. Em Minas Gerais, desde de 2004, existe a figura da Reserva Particular de Recomposição Ambiental, destinada a áreas degradadas e inspirada na Fazenda Bulcão.

Com o reflorestamento da RPPN Fazenda Bulcão, cujo primeiro plantio foi realizado em dezembro de 1999, o Instituto Terra está perto de concluir um projeto de recuperação de Mata Atlântica sem precedentes no Brasil em termos de área contínua.

 

 

O sonho de plantar uma floresta hoje é realidade!

“Vamos plantar uma floresta?” O convite feito por Lélia Deluiz Wanick Salgado ao seu marido, Sebastião Salgado, em meados da década de 90, não só foi plenamente aceito como já rende frutos. Em menos de duas décadas, a área de uma antiga fazenda de gado, que estava completamente degradada, foi reflorestada e mostra, com o seu exemplo, que o homem pode recuperar aquilo que destruiu, resgatando o verde, a água e os animais.

Lélia e Sebastião são os fundadores do Instituto Terra, uma organização não governamental com sede na RPPN Fazenda Bulcão, localizada em Aimorés, Minas Gerais, na divisa com o Espírito Santo. Com uma área total de 709,84 ha em processo de reflorestamento, o Instituto Terra também atua na produção de mudas nativas de Mata Atlântica, na proteção de nascentes, na educação ambiental e na promoção do desenvolvimento sustentável do Vale do Rio Doce.

 

Orientações para visitação ao Instituto Terra

O Instituto Terra está sediado em uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), uma Unidade de Conservação de caráter privado criada a partir do interesse do seu proprietário, de caráter perpétuo, com o objetivo de conservar a diversidade biológica.

As visitações à RPPN Fazenda Bulcão fazem parte das ações de educação ambiental desenvolvidas visando aproximar a comunidade das questões de restauração e preservação de ecossistemas naturais. Ao longo destes 18 anos de existência, a população sempre esteve próxima, em parceria com a Organização Não Governamental na realização de ações, valorizando cada conquista e até mesmo ajudando nas dificuldades, com a consciência de ser a verdadeira beneficiária de todo este acervo natural de Mata Atlântica.

Devido à necessidade de preservação e segurança de seus visitantes e de toda a sua área, a RPPN Fazenda Bulcão – Instituto Terra estabeleceu novas orientações para visitação, que passam a valer a partir de hoje (27-01-2016). Confira neste link as orientações para visitação.

Contamos com o seu apoio para garantir a preservação desse importante patrimônio natural.

Seja bem-vindo!

 

Como participar – Doações

 

O Instituto Terra não possui vínculos partidários e religiosos, nem fins lucrativos. Por isso, conta com a colaboração de pessoas físicas, empresas, governos e outras instituições, para desenvolver seus projetos. Uma pequena contribuição pode fazer uma grande diferença.

Sua colaboração é essencial para o nosso trabalho, para as florestas e para a manutenção dos benefícios que a fauna e a flora proporcionam aos brasileiros. Faça sua doação e juntos, vamos cuidar da Mata Atlântica.

Você pode doar qualquer valor:

 

Transferência eletrônica ou depósito:

Beneficiário: Instituto Terra
CNPJ: 02.776.897/0001-75

Banco do Brasil
Agência: 0215-1
Conta Corrente: 6329-0

 

Caixa Econômica Federal

Agência: 0704
Conta Corrente: 514-4

Itaú
Agência: 3210
Conta Corrente: 6065-7

…….

Doando pela Tides Foundation sua contribuição pode ser deduzida nos Estados Unidos:

Complete o formulário (arquivo em PDF) e envie para o email contributions@tides.org ou para o endereço abaixo:

Finance Department
Tides Foundation
« Instituto Terra Fund »
PO Box 29903
San Francisco,CA 94129-0903 USA

Em caso de dúvidas, contate o setor de contribuição +1 (415) 561-6326.

…….

Para mais informações ligue (33) 3267-2025 ou pelo email iterra@institutoterra.org.

 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here